38.Aviso de tabelas não migradas para InnoDB – GLPI 9.4

Este post é uma atualização do mesmo procedimento que era realizado na versão 9.3.x do GLPI.

Desde a versão 9.3.x o mecanismo do banco de dados do sistema foi atualizado para trabalhar com a Engine InnoDB ao invés da MyISAM como antigamente.

Quando você instala uma versão 9.3 ou superior do zero, o banco de dados já é criado e parametrizado com o formato InnoDB automaticamente. Mas quando a instalação existente já vem de versões anteriores à 9.3, o banco de dados permanece no formato MyISAM e precisa ser convertido manualmente para o InnoDB.

Este novo formato habilita certas funções que surgiram na versão 9.3, como a possibilidade de adição de múltiplas soluções. Algo que não era possível nas versões legadas.O procedimento é simples. Na versão 9.3.x, utilizávamos um script php que vinha junto na pasta scripts do front-end do GLPi. 

👍 Gostou? Considere um apoio ao canal: http://bit.ly/ars-apoio

Na versão 9.4 esse script foi transferido para os comandos de console do próprio sistema:

Como root do sistema

cd /var/www/glpi
php bin/console glpi:migration:myisam_to_innodb

/var/www/html/glpi é o local do meu glpi da demonstração. Ajuste o caminho para o seu.

👍 Gostou? Considere um apoio ao canal: http://bit.ly/ars-apoio

➤ Site: https://www.arthurschaefer.com.br
➤ Facebook: https://facebook.com/arthurschaefercombr
➤ LinkedIn: https://br.linkedin.com/in/arthurramosschaefer
➤ Twitter: https://www.twitter.com/arthurrschaefer
➤ Inscreva-se no Canal: https://www.youtube.com/ArthurSchaefer

Tags:
One Comment
  1. Avatar

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *