Nova Função – Trabalhando com Templates no Evernote | 24

     Por muito tempo, usuários pediam por uma função capaz de facilitar o uso de templates de notas de forma simplificada e sem precisar duplicar notas. A função chegou.
     Os templates de notas eram oferecidos em formato de notas simples que você podia copiar para um caderno, e então duplicar para reutilizar. Apesar dessa solução alternativa, popular entre usuários, a Evernote entendeu que era necessário criar algo mais fácil e mais bem pensado para uso de templates (Templates).
     Uma galeria, até agora, com mais de 30 templates pré desenvolvidos para os mais diversos tipos de usuários está disponível aqui. Você pode salvar qualquer um desses templates na sua conta. Se você for assinante Plus*, Premium ou Business, você pode transformar qualquer uma de suas notas em templates.
     Sua galeria pessoal de templates pode ser acessada a partir de qualquer Nova Nota clicando no botão “Template”. Ali você encontra templates oferecidos pela Evernote e também os criados por você, pode também editar nomes de templates, apagar os que não quer usar mais ou aplicar um template a uma nova nota.
     Dá uma olhada aqui abaixo. Fiz um pequeno tutorial e também um vídeo falando sobre essa função.
     Veja o Botão “Template” quando você abre uma nova nota.

Navegue entre Templates que você criou, se fores assinante do software, e os que a Evernote já oferece.

Veja a notificação de que a nota foi criada a partir de um template

Se você for assinante do software, você pode criar seus próprios templates no botão 

Ajude e Apoie o Canal!

Cadastre-se agora mesmo ou assine o Evernote!!

Padrão de Regras para atribuição de um chamado criado através de um coletor de correios no GLPi

Chamados não estão sendo abertos quando enviados por e-mail.

As vezes acabamos mexendo nas regras de atribuição de chamados por e-mail e não lembramos como era o padrão para que os chamados voltassem a ser abertos quando enviados por e-mail.

Segue abaixo o padrão do sistema.

Elas precisam estar nessa ordem.

Caso queira criar novas regras, as insira entre as regras 2 e 3 colocando as regras mais restritivas antes das menos restritivas.

A regra 3 , por boa prática, deve ficar por último pois é a que se aplica caso nenhuma das outras cumpra algum requisito.

Regra 1:
Nome: Auto-Reply X-Auto-Response-Suppress
Operador lógico: e
Descrição: Exclude Auto-Reply emails using X-Auto-Response-Suppress header
Ativo: Sim
Critérios
Cabeçalho X-Auto-Response-Suppress do e-mail
verificado pela expressão regular
/\S+/
Ações
Rejeitar e-mail (sem e-mail de reposta)
Atribuir
Sim

Regra 2:
Nome: Auto-Reply Auto-Submitted
Operador lógico: e
Descrição: Exclude Auto-Reply emails using Auto-Submitted header
Ativo: Sim
Critérios
Cabeçalho Auto-Submitted do e-mail
verificado pela expressão regular
/\S+/
Cabeçalho Auto-Submitted do e-mail
não é
no
Ações
Rejeitar e-mail (sem e-mail de reposta)
Atribuir
Sim

Regra 3:
Nome: Root
Operador lógico: e
Descrição:
Ativo: Sim
Critérios
Cabeçalho Subject do e-mail
verificado pela expressão regular
/.*/
Ações
Entidade
Atribuir
Entidade Raíz

Aviso de tabelas não migradas para o mecanismo InnoDB no GLPI 9.3

Dica rápida hoje,

O novo GLPI 9.3 alterou seu mecanismo de armazenamento para InnoDB buscando sempre melhorar e otimizar.

Para que isso ocorra tranquilamente, o banco de dados atual precisa ser migrado para o novo mecanismo e o script de atualização não está realizando esse procedimento sozinho.

Para tanto, quando você atualizar o seu GLPI para a versão 9.3 e a mensagem “numero x tabelas não migradas para o mecanismo InnoDB.”, você deverá executar um script localizado dentro da pasta do GLPI em glpi/scripts chamada “innodb_migration.php”

Para executá-lo navegue até a pasta glpi/scripts e execute o comando “php innodb_migration.php” sem as aspas.


Se teu GLPI está hospedado e não é uma VPS, verifique com seu provedor como executar o script.


Fonte da solução:

http://forum.glpi-project.org/viewtopic.php?id=163667

Quer apoiar o blog e ajudar a manter o projeto?

https://bit.ly/ars-apoio

Melhorias do GLPI 9.2.x — Parte 2

Ainda falando da nova versão em produção do GLPI, a 9.2.x, seguem mais algumas melhorias apresentadas.

Para quem não leu a parte 1 e tem interesse, só clicar aqui.

Melhorias na base de conhecimento

Revisões de artigos

Agora os artigos apresentam quais as versões revisadas do mesmo, ou seja, toda vez que alguém alterar o artigo, o sistema vai guardando todas as versões anteriores e também as informações de quem alterou, quando alterou e o que alterou. Bem como, habilita a possibilidade de restaurar uma versão antiga.

Comentários

É também possível adicionar comentários em artigos.

O que possibilita que pessoas que não tenham acesso de alteração nos artigos, possam comentar caso o artigo não esteja atualizado, ou que a solução proposta não funcionou para que assim alguém que tenha acessos, possa saber que deve atualizar o artigo.

Relacionar Artigos com Ativos

Agora também é possível realizar a relação entre um artigo da base de conhecimento e um ativo (Computador, Dispositivo…)

Títulos âncora

Uma vez definido como Título (Formatação > Cabeçalhos no menu do editor de texto rico), uma “âncora” é exibida quando você coloca o mouse sobre o título, permitindo que você direcione um título para uma parte específica de um artigo.

Alertas de limites

Alertas de limites agora podem ser também habilitados nas pesquisas salvas.

Por exemplo, o GLPI pode lhe notificar quando um número de resultados das pesquisa “Computadores em estoque” está abaixo de 10 ou então “Chamados com urgência máxima” exceder 10!

Quando o limite é excedido, uma notificação (e-mail, navegador, irc, etc) pode ser enviada. Para pesquisas salvas privadas, apenas você recebe a notificação e para pesquisas salvas públicas, vários destinatários podem ser configurados.


Modos de notificações retrabalhados

O antigo método de notificações por e-mail não é mais a única forma de o GLPI lhe notificar. Notificações via browser foram adicionadas, assim como possibilidades de adicionar novos modos através de plugins. Isso abre portas para notificações por SMS, Telegram, IRC ou qualquer sistema de notificação que permita trabalhar integrado com algo.


Melhorias nos templates de chamados, tarefas predefinidas

Templates de chamados agora suporta a adição de templates de tarefas nos campos predefinidos. Além das regras de negócio para seus chamados seu chamado, várias tarefas pré definidas podem ser adicionadas ao chamado logo após a criação do mesmo.


LDAP: Novo campo de sincronização

Como um login ou um nome de domínio pode ser alterado, foi introduzido um novo campo de sincronização na configuração LDAP. O novo campo não muda e vai evitar a duplicação em caso de mudanças no login.

Nos templates pre definidos, é sugerido que se utilize, por exemplo:

  • Para Microsoft Active Directory: atributo “objectGUID” (identificador oficial único de um objeto);
  • para OpenLDAP: o atributo “entryUUID”

**Cuidado:** Alguns atributos no Microsoft Active Directory não são suportados (“objectSID” por exemplo)

Chamados relacionados

Foram introduzidas duas novas formas de relacionar chamados semelhantes ou interligados:

  • Filho de
  • Pai de


Saiu a versão 9.2.3 do GLPI


Saiu a versão 9.2.3 do GLPI

Download it

Non exhaustive list of changes:

  • Hide closed tasks on central,
  • Quick search in saved searches panel,
  • Fix image in FAQ for anonymous users,
  • Possibility to add an analytics javascript,
  • Various fixes on components,
  • And many more!

See changelog for details.

https://github.com/glpi-project/glpi/releases/tag/9.2.3

GLPI — Configuring AJAX notifications on GLPI

Have you ever seen that the GLPI 9.2.x versions have the AJAX notifications?

So, if you haven’t, take a look at this video.

In this video, I show you how to configure the Ajax notifications on GLPI.

UPDATE: Google Chrome >65 are not supporting Browser Notifications (AJAX) from HTTP websites. That’s why I used Firefox instead.

GLPI — Como e porque usar o plugin behaviors (comportamental)

Você já deve ter se deparado com casos em que utilizas os grupos do GLPI para distinguir os departamentos da empresa mas que os relatórios não alimentam os Grupos com quantidades de chamados e outras métricas.

Ou então queremos que os chamados sejam direcionados para os grupos de atendentes corretos, e visualizados pelos atendentes apenas quando o chamado estiver atribuído ao seu grupo.

Para isso precisamos adicionar os grupos dos requerentes ou até dos atendentes.

Para não termos de criar regras distintas para cada usuário e grupo, ou então ter que colocar na mão, existe um plugin chamado behaviors (ou comportamental em português)

Te inscreve lá no canal do Youtube! =D

5 motivos pelos quais eu prefiro o Fusioninventory em detrimento do OCS

Muito se discute nos canais de GLPI sobre qual ferramenta de inventário utilizar e porque.

Eu tenho minha preferência pessoal por experiência e gosto.

Portanto deixo aqui rapidamente quais os principais motivos que me fazem preferir e indicar o Fusioninventory em detrimento do OCS.

ESSA É MINHA OPINIÃO! NÃO QUER DIZER QUE O FUSIONINVENTORY É MELHOR DO QUE O OCS. APENAS É DE MINHA PREFERÊNCIA.

Prefiro o Fusioninventory por:

  1. Ser o serviço padrão para o GLPI
  • O GLPI possui uma integração com o Fusioninventory a anos, sendo que se você navegares pelos menus Configurar > Geral > Ativos, encontrarás em qualquer instalação zerada do GLPI a opção que integra as categorias de software diretamente pelo Fusion
  1. Não precisa de outra aplicação, outro banco de dados, outra administração de sistema
  • Diferente do OCS, o Fusion inventory não possui uma nova aplicação que exija administração de usuários, configuração, backup, bancos de dados….
  1. Ser apenas um plugin para o GLPI
  • Apenas explicando o item 2. Ele não é uma aplicação separada. É um plugin que é instalado como todos os outros.
  1. Menor complexidade de implementação
  • Instala o plugin, instala o agente e seja feliz.
  1. Ainda não ter me deixado sem nada que o OCS tenha e o fusioninventory não.