Google Cloud Platform anuncia proteção dos preços mesmo com alta do dólar

A Google Cloud Platform o que é?
GCP é a plataforma de nuvem oferecida pelo Google para utilização de recursos de servidores, serviços e produtos de nuvem da empresa.

Através do GCP você tem acesso a servidores virtuais, serviços de armazenamento, inteligência artificial e muita coisa que eu nem conheço ainda.

Dentre diversos dos benefícios, como o desconto progressivo por uso contínuo e data center no Brasil, o Google anunciou que manterá preços de Janeiro ou menores (caso haja queda do dólar durante o período) durante todo o ano de 2020.

A medida visa proteger empresas que utilizam recursos de nuvem na plataforma de sofrerem com custos exorbitantes devido a alta da cotação do dólar nos últimos 3 meses (fevereiro a abril).

Em Janeiro o dólar na GCP fechou com valor de R$ 4,83 e em Abril em R$ 5,82.

A partir do dia 1 de Maio o Google manterá o valor máximo de R$ 4,83 por dólar, mesmo valor de Janeiro, até o final de 2020. Máximo pois em caso de diminuição do valor do dólar, o Google manterá a cotação que for mais vantajosa aos clientes.

A partir de 2021 os preços poderão sofrer variações conforme valores de dólar no futuro mas com limites máximos de aumento mensal a 2% do mês anterior. Este aumento só ocorrerá caso o dólar esteja acima dos R$ 4,83 prometidos até Dezembro deste ano.

O que é certo até o momento:

  • Os preços do dólar na GCP se fixarão ao máximo de R$ 4,83 até o final de 2020.
  • Havendo diminuição do dólar durante este período, o valor baixa também para os clientes.
  • Em 2021, havendo aumento além dos R$ 4,83, o Google fará aumentos limitados a 2% do mês anterior.
  • Em 2021, havendo queda do dólar, o valor também baixa para recursos da GCP.

A redução é de 20% para este mês de Maio. Um belo fôlego para quem está com recursos na nuvem e um pouco apavorado com esse aumento descontrolado do dólar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *