Arquivo da categoria: Notícias

GLPi, Servicedesk Brasil e eu

Gostaria de contar uma história

Em meados de 2011, eu tive a oportunidade de me tornar Assistente de TI em uma empresa que, na época, era de médio a grande porte. O desafio era grande pois éramos em dois profissionais de TI para suportar uma empresa com aproximadamente 60 usuários e 20 servidores.

Toda a infraestrutura, equipamentos, métodos e processos precisavam ser reformulados, atualizados ou até desenhados por serem inexistentes. Eu me recordo bem que o primeiro desafio entregue a mim pelo Felipe, meu amigo, colega e a quem eu respondia diretamente, foi a de organizar a forma com que os mais de 100 chamados mensais entrariam e seriam tratados no nosso setor. Era um projeto audacioso para dois jovens com menos de 25 anos em uma empresa tradicional e que apresentava constante e rápido crescimento.

A diretoria, na época, entendia que investir em licenciamento ou infraestrutura para um sistema que facilitasse o contato entre usuários e equipe de suporte, que permitisse justificar investimentos em uma ou outra tecnologia, que mantivesse histórico de tudo que acontecia no setor de suporte, não seria prioridade. Lembro bem: “Se for facilitar a vida de vocês e não gerar necessidade de investimento, a diretoria apoia.”

Dito isso, passei a buscar uma ferramenta que atendesse nossos anseios. Teria que ser algo:

  • Software Livre
  • Com uma comunidade ativa
  • Que houvesse um projeto aparentemente ativo e com atualizações constantes
  • Que tivesse integrações com sistemas já em uso na corporação
  • Fosse maduro o suficiente para não precisar de correções ou personalizações (eu nunca fui um bom desenvolvedor)
  • Que tivesse documentação vasta

Destes pontos, apenas o último quesito não foi preenchido na busca. Mas a que mais se encaixou no perfil procurado foi o GLPi.

Comecei os testes e me apaixonei, de verdade, pela ferramenta. Foi tão intenso que justamente pela falta do último ponto acima mencionado (Documentação) eu passei a gerar conteúdo em um pequeno blog na plataforma Blogger. Pensei na época: “Se alguém mais estiver passando pelas dificuldades que eu estou passando e eu tenho facilidade com Inglês, por que não disponibilizar um pouco de conteúdo gratuito na Internet?”

Foi o que fiz. Desde 2011 eu gerei muito conteúdo no meu blog. Gero até hoje.

Acontece que nessa mesma época de insegurança de estar fazendo as coisas do jeito certo por estar descobrindo através de exploração, tentativa e erro, busquei treinamentos ou pessoas dispostas a trocar esse conhecimento sobre o GLPi. Encontrei o Google Groups (que ainda existe). Lá fiz algumas amizades virtuais e encontrei o Danilo Santos. Ele já ministrava treinamentos presenciais na ferramenta há algum tempo e meu desejo era fazer o treinamento dele. Mas lembrando, a diretoria não aprovaria qualquer investimento numa “ferramenta para a TI”. Infelizmente nunca fiz o treinamento.

Em 2012 eu publiquei meus primeiros vídeos e passei a me tornar uma pessoa conhecida quando se falava em GLPi. Foi sempre um projeto paralelo com o intuito de ajudar outras pessoas, fomentar a comunidade e deixar um legado de apoio e incentivo a um software livre que muito fez e faz por mim. Tenho orgulho deste trabalho feito aqui na Internet. Eu ensino muita coisa, mas eu aprendo ainda mais com todos que eu converso. A comunidade brasileira é incrível.

O tempo passou, o projeto seguiu com mais ou menos conteúdo, a depender da criatividade, tempo disponível, equipamentos para produzir, e muito mas muito empenho na busca de entregar conteúdo de qualidade e responder, ajudar e ser ajudado por e a todos que eu pudesse. Hoje o canal está com quase 2.500 inscritos, meu blog recebe mais de 5000 visualizações mensais e eu devo receber algumas dezenas de mensagens ou emails de pessoas buscando ajuda com o GLPi. É um processo que me intriga, energiza e empolga. Aprender sobre GLPi e suas mais variadas aplicações em setores de serviços é algo impressionante.

Finalizando essa ladainha toda, quis 2020 que eu reencontrasse duas pessoas muito icônicas na minha jornada de TI, Gestão de Serviços e GLPi, especificamente:

  • Jorge Camargo, um seguidor daqueles que fazem qualquer produtor de conteúdo que gosta do que faz se sentir, no mínimo, desconfortável com as perguntas boas e bem boladas. Perguntas de quem estuda a ferramenta, testa, aplica, encontra os problemas e vem trocar ideia. A propósito é o tipo de aluno que todo professor gosta. Aquele que questiona e questiona MUITO BEM.
  • Danilo Santos, aquele cara que sempre foi um objetivo ter contato. Um cara com quem eu tinha o objetivo de conseguir fazer um treinamento, de trocar uma figurinha que fosse, até de trabalhar com ele eu já tive objetivos.

Esses dois caras surgiram no meu 2020 em uma fase de crescimento da Baviera TI, em um momento de transformação na minha carreira de empresário e profissional de TI para me convidar a participar de uma live para falar dessa comunidade maravilhosa de GLPi. Conversamos muito e no final de todo esse processo surgiu o que eu chamo de marco histórico na minha vida.

Esses dois caras vieram de São Paulo à Igrejinha para alinharmos os passos para um projeto audacioso para final de 2020 em diante. Em Novembro de 2020 eu tenho a satisfação e oportunidade de chamar esses dois incríveis profissionais de sócios na Servicedesk Brasil. Empresa especializada em projetos de Gestão de Serviços com GLPi.

Agora é GLPi no café da manhã, almoço e janta.

Eu preciso agradecer muito ao software livre e ao GLPi.

Aaa, o blog e o canal do YouTube continuam, a Baviera TI está a mil e mais focada em projetos de infraestrutura, segurança da informação e serviços gerenciados.

Google Cloud Platform anuncia proteção dos preços mesmo com alta do dólar

A Google Cloud Platform o que é?
GCP é a plataforma de nuvem oferecida pelo Google para utilização de recursos de servidores, serviços e produtos de nuvem da empresa.

Através do GCP você tem acesso a servidores virtuais, serviços de armazenamento, inteligência artificial e muita coisa que eu nem conheço ainda.

Dentre diversos dos benefícios, como o desconto progressivo por uso contínuo e data center no Brasil, o Google anunciou que manterá preços de Janeiro ou menores (caso haja queda do dólar durante o período) durante todo o ano de 2020.

A medida visa proteger empresas que utilizam recursos de nuvem na plataforma de sofrerem com custos exorbitantes devido a alta da cotação do dólar nos últimos 3 meses (fevereiro a abril).

Em Janeiro o dólar na GCP fechou com valor de R$ 4,83 e em Abril em R$ 5,82.

A partir do dia 1 de Maio o Google manterá o valor máximo de R$ 4,83 por dólar, mesmo valor de Janeiro, até o final de 2020. Máximo pois em caso de diminuição do valor do dólar, o Google manterá a cotação que for mais vantajosa aos clientes.

A partir de 2021 os preços poderão sofrer variações conforme valores de dólar no futuro mas com limites máximos de aumento mensal a 2% do mês anterior. Este aumento só ocorrerá caso o dólar esteja acima dos R$ 4,83 prometidos até Dezembro deste ano.

O que é certo até o momento:

  • Os preços do dólar na GCP se fixarão ao máximo de R$ 4,83 até o final de 2020.
  • Havendo diminuição do dólar durante este período, o valor baixa também para os clientes.
  • Em 2021, havendo aumento além dos R$ 4,83, o Google fará aumentos limitados a 2% do mês anterior.
  • Em 2021, havendo queda do dólar, o valor também baixa para recursos da GCP.

A redução é de 20% para este mês de Maio. Um belo fôlego para quem está com recursos na nuvem e um pouco apavorado com esse aumento descontrolado do dólar.

O Telegram atualizou novamente e mostra que se preocupa com sua privacidade


Fonte: https://telegram.org/blog/unsend-privacy-emoji

O Telegram passou por uma grande atualização no último domingo (24). Dentre as novidades, muito destaque a recursos de privacidade como “desfazer” envio e recebimento de mensagens quando quiser sendo a mensagem apagada no dispositivo de quem encaminha e de quem recebe.
Outras funções também foram adicionadas:


  • Encaminhamento de mensagens anônimas:
    • Agora você pode restringir quem pode reencaminhar suas mensagens. Quando a configuração está habilitada, suas mensagens não serão mais encaminhadas para sua conta – apenas um nome não clicável aparecerá no local. 
    • Procure por  “Mensagens Encaminhadas” em “Privacidade e Segurança”
  • Restrição de quem pode ver sua foto de perfil:
    • Procure por “Foto de Perfil” em “Privacidade e Segurança”.
  • Pesquisa nas configurações:
    • Visto que as configurações do Telegram têm crescido exponencialmente, foi adicionada uma barra de pesquisa às configurações do aplicativo.
    • A ferramenta também traz respostas sobre o Telegram baseadas no FAQ do aplicativo
Fonte: https://telegram.org/blog/unsend-privacy-emoji
  • Melhorias nos adesivos, GIFs e mensagens em vídeo:
    • Qualquer GIF pode ser pré-visualizado mantendo o mesmo pressionado.
    • Pacotes de adesivos agora possuem ícones, o que facilita a escolha de pacote de adesivos
    • GIFs e vídeos mais “pesados” agora não precisam ser 100% baixados para começarem a ser executados/visualizados.
  • Pesquisa de emojis e GIFs em todos os dispositivos:
    • Com palavras chave você pode encontrar o emoji desejado rapidamente. Caso encontre palavras-chave faltantes, elas podem ser sugeridas aqui.
  • Suporte a VoiceOver e TalkBack
    • Funcionalidades de acessibilidade também foram adicionadas. VoiceOver no iOS e TalkBack no Android. Que são as tecnologias que oferece interação falada com o aplicativo.