A TI tem o poder

Olá pessoal.

O post de hoje serve para refletirmos sobre o poder que uma equipe de TI possui dentro de uma empresa. O poder da decisão, o poder da informação, o poder das facilidades a soluções e ferramentas que outros na mesma empresa muitas vezes nem desconfiam que sequer existam.

Pois bem, se você que está lendo este post, acompanha meu blog e está se identificando com a situação, pense um pouco. Você usa esse seu “poder” para o bem ou para mal? Você tem acesso a ferramentas restritas, a históricos que jamais um usuário desconfia que você tenha acesso. Você acaba sabendo de segredos de todos os setores da empresa, muitas vezes até segredos particulares.


O que você faz com essas informações e possibilidades. Você tem sido um bom profissional? Ético, correto, sincero consigo e com os outros?

Um bom exemplo para isso é aquele momento em que algum gerente de área lhe solicita um relatório de quantidade de emails enviados e recebidos por uma pessoa com outra. Você certamente atenderá e inevitavelmente terás o acesso a essa informação. Cabe ao bom profissional repassar a mesma muitas vezes tendo que saber do que se tratam as conversas e mesmo assim permanecer em silêncio e sem tomar partido de nenhuma das partes. Você está ali para o negócio como o árbitro está para uma partida de futebol. Auxiliando para que tudo corra bem e imparcial sempre.

Devemos tomar cuidado com os poderes que temos sobre a empresa em que trabalhamos ou então como diz o velho ditado “O peixe morre pela boca”

Por isso hoje o hoje oposto serve mais como um alerta do que qualquer outra coisa.

“A equipe de TI tem o poder, basta usa-lo para o bem ou para o mal” José Fernando Weege

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *