Arquivo da tag: Opinião

4 Modelos e Exemplos de Respostas para o Atendimento ao Cliente

Mesmo os mais habilidosos profissionais de suporte que conseguem manter uma comunicação fluída, amigável, suave e, em simultâneo, conseguir resolver os mais variados casos de Incidentes e Requisições de Suporte ou Centrais de Serviços, algumas conversas podem se tornar um verdadeiro pesadelo em alguns momentos. Qual é a melhor maneira de informar alguém que não há possibilidade de um reembolso, ou então que você não pode dar acesso a uma conta que o cliente diz ser dele?

Com a tentativa de tornar essas conversas difíceis um pouco mais simples, montei esses modelos que você pode usar como inspiração para as suas respostas perfeitas.

Eu, inclusive, recomendo que você crie e padronize alguns níveis de discursos para que toda a equipe de suporte esteja no mesmo canal quando se trata de solução de problemas e conflitos com clientes.

Caso contrário, o cliente A vai sempre querer o atendimento do Analista X por ele ser mais "convencível" ou "menos duro" nas respostas.

Pesadelo para uma central com mais de 5 pessoas, por exemplo.

Eu quero uma reunião/que me liguem, agora!

Um cliente está exigindo uma ligação para solução do seu incidente, mas você não oferece suporte telefônico ou não tem disponibilidade naquele exato momento. O cliente pode estar ameaçando “falar com o gerente” ou cancelar o contrato imediatamente.

Abordagem recomendada

Com tanto estresse, seu cliente pode sentir que você está se recusando em ajudar ele, mesmo que, na verdade, seja apenas um conflito de “por onde” essa ajuda virá.

Sua resposta deveria:

✅ Ser firme sobre o que você pode ou não pode fazer

✅ Certifique-se de que seu cliente está ciente que você está ali para ajudar

✅ Deixe claro que é o cliente que está no controle


Exemplo de Resposta

Olá Ana,

Eu entendo sua frustração. 1 Para alguns clientes, a falta de suporte telefônico pode ser um fator-chave para decidir se mantém um fornecedor ou não, e isso é completamente compreensível, mas, infelizmente, não é algo que oferecemos agora.

2 Eu quero lhe auxiliar com os problemas ou dúvidas que você tem, e nós podemos definitivamente resolver isso por e-mail/central de serviços, mas eu vou precisar da sua ajuda.

Você poderia, por gentileza, 3 me passar essas informações, que sem sombra dúvidas nos auxiliarão no entendimento do que está acontecendo e qual abordagem seguir.

<coloque aqui suas questões específicas>

Eu agradeço a sua ajuda, e sei quando você tem tanto trabalho e acaba sendo atrasada com esses incidentes. 4 Assim que você responder, eu serei imediatamente notificado e posso começar a investigar para você.

1 Você pode omitir esta parte se o cliente não está ameaçando cancelar o contrato. 2 Posicione-se COM seu cliente CONTRA o problema, e gentilmente lembre que é o seu cliente quem está atrasando o processo. 3 Agora que você reiniciou a conversa, refaça o questionamento que você precisa para ajudá-los. 4 As pessoas querem telefonemas ou reuniões pois estão preocupadas com a velocidade de resposta ou serem ignoradas.

Construa a confiança demonstrando explicitamente o que acontece com seus e-mails quando são recebidos pela central.

Opções alternativas

  1. Ofereça chat instantâneo (se possível) como uma opção de percepção “mais rápida” para solução
  2. Tente oferecer a ligação como uma saída condicionada a tentar primeiramente por e-mail ou central de serviços. Caso a primeira forma de comunicação não resolva. “Eu acredito que possamos resolver isso por e-mail/central de serviços, mas se tentarmos dessa maneira e ainda assim não conseguirmos colocar a situação em dia, então ficarei feliz em ligar para você.”

Você gostaria de ajudar o blog de alguma forma?


Quando vai estar disponível [a função xyz] [sistema abc]?

Um cliente está pedindo por uma função do produto que você tem certeza de que não será adicionada.

Abordagem recomendada

Você precisa entender que o seu cliente vir até você buscando ajuda, pois gostam tanto do seu trabalho que querem que o produto resolva ainda mais problemas para eles. Portanto, simplesmente, recusar qualquer opinião pode tornar-se uma arma contra a própria organização. Todavia é melhor saberem a verdade do que serem “enrolados”, com a esperança de terem algo que não virá.

Sua resposta deveria:

✅ Ser honesta com a situação

✅ Explicar o porquê

✅ Reconhecer a necessidade do cliente e encaminhar à área responsável se possível

Exemplo de Resposta

Olá Pedro,

Agradecemos a sua sugestão; apreciamos a maneira com que você explicou como essa funcionalidade lhe auxiliaria. Enquanto 1 essa função não está no nosso radar agora, estamos 2 trabalhando em melhorias que serão úteis para a maioria dos nossos clientes, e você as verá em muito breve.

Enquanto não podemos desenvolver exatamente o que você procura, eu tenho uma sugestão que pode resolver parte do que você precisa.

3 <coloque aqui sua sugestão>

Agradecemos novamente por nos contatar! Nós sempre levamos em conta os seus comentários e sugestões.

1 Se for uma função que JAMAIS será colocada em prática, você pode usar uma frase mais forte. “Não é algo que colocaremos na ferramenta”. 2 Nós não estamos dizendo NÃO para você, estamos dizendo SIM para o maior número de pessoas possível de uma vez só. 3 Apenas ofereça isso quando você tiver uma opção útil. Se for muito complexa ou insuficiente, deixe sem essa opção. Paciência!

Opções alternativas

  1. Se você tiver um roadmap público, referencie o cliente a ele e compartilhe algumas das melhorias que estão prestes a sair.
  2. Às vezes, seu cliente seria melhor assistido com um produto diferente, e você pode apoiar eles oferecendo essa opção.

Eu quero meu dinheiro de volta!

Quando você não pode (ou decidiu não) oferecer um reembolso ao seu cliente.

Abordagem recomendada

Solicitar um reembolso é, geralmente, um sinal de que seu cliente não sente que o produto entrega valor, ou que ele não percebeu tal valor. Se você perceber isso e conseguir lidar com o incidente, o reembolso pode se tornar bem menos importante para os clientes.

Sua resposta deveria:

✅ Ser clara e dar razões, se possível

✅ Buscar e “cavar fundo” até entender a causa que não está explícita na reclamação

✅ Ouvir com muita atenção e dando real importância à queixa

Exemplo de Resposta

Olá Jana,

Que pena ouvirmos que você não está feliz com nosso produto. 1 Como eu não tenho poderes de lhe oferecer um reembolso (por favor 2 veja os nossos termos e condições aqui), eu posso 3 *<oferecer uma mensalidade grátis/crédito para futuros negócios/outra alternativa>*.

Enquanto organizamos isso, eu gostaria de entender melhor qual é a sua situação e procurar entender se há alguma outra maneira de ajudarmos.

Você poderia me dar mais alguns detalhes sobre o que você precisava que fosse feito? Me parece <seu melhor entendimento sobre o que o cliente está tentando fazer, e onde ficaram “travados”>, estou certo?

Se você tiver alguns minutos para me ajudar com essas informações, eu posso conversar com o time aqui, e podemos lhe dar a nossa melhor solução.

1 Seja franco sobre sua decisão para evitar mal-entendidos. 2 Se você tem uma política de reembolso, referencie aqui diretamente. 3 Dê ao seu time de suporte uma variedade de opções que não sejam um reembolso se você puder.

Opções alternativas

  1. Para reembolsos pequenos, o custo de discutir com o cliente pode ultrapassar os valores poupados. Talvez você pode apenas ceder ao reembolso e investir em uma freguesia posterior.
  2. Mesmo quando você pode oferecer um reembolso, uma solicitação de reembolso é uma oportunidade de entender melhor as necessidades do seu cliente. Eles precisam saber que você não tem problemas em reembolsá-los, mas que está extremamente aberto para conversar e entender os motivos que fizeram com que chegassem a esse ponto. Algumas vezes, no final da conversa, eles não vão querer mais o reembolso.
  3. Uma política de reembolso clara, acessível e bem escrita faz dessas conversas algo bem mais simples e rápido.

Me mande pelo Whats!

Quando seu cliente começa o contato por um canal não oficial, e você precisa continuar a conversa no canal que a sua empresa usa como centralizador e oficial. Inclusive em contrato.

Abordagem recomendada

O ideal seria respeitar a escolha do seu cliente sempre que você puder. Mas se você precisar transferir eles para o canal ideal, explique porquê e deixe claro a eles que você vai resolver suas questões.

Sua resposta deveria:

✅ Transferir as informações de forma suave

✅ Diminuir o trabalho e complexidade para o seu cliente

✅ Manter a confiança do seu cliente em você

Exemplo de Resposta

Olá Paulo,

Nos desculpe pelo problema, vamos resolver isso. 1 Precisaremos acionar a equipe de suporte, para isso eu abri um incidente na nossa central de serviços para você, 2 com todas as informações relevantes que você me passou aqui. Provavelmente você receberá uma mensagem no seu e-mail agora mesmo. 3 Seguimos por lá, pode ser?

1 Explique porque você precisa trocar de canal de comunicação. 2 Deixe claro para os seus clientes que eles não precisarão repetir tudo novamente em outra plataforma. 3 Manter o mesmo membro do time na conversa cria maior confiança.

Opções alternativas

  1. Sempre que possível, conclua a questão no mesmo canal em que o cliente iniciou a conversa. Mesmo que seja apenas um resumo do que foi tratado no outro canal.
  2. Explique o caso, e deixe seu cliente escolher o canal alternativo correto e disponível entre as opções.
  3. Em caso de restrições legais, evidenciação de informações e comprovações, por exemplo, deixe claro com antecedência onde você pode ou não ajudar as pessoas.

Você gostaria de ajudar o blog de alguma forma?

➤ Site: https://www.arthurschaefer.com.br
➤ Instagram: https://instagram.com/arthurrschaefer
➤ Facebook: https://facebook.com/arthurschaefercombr
➤ LinkedIn: https://br.linkedin.com/in/arthurramosschaefer
➤ Twitter: https://www.twitter.com/arthurrschaefer
➤ Inscreva-se no Canal: https://www.youtube.com/ArthurSchaefer
➤ Canal no Telegram: https://t.me/arthurschaefer
➤ Baviera TI: https://www.bavierati.com.br
➤ Servicedesk Brasil: https://www.servicedeskbrasil.com.br
➤ Conheça a Teclib Cloud: https://www.arthurschaefer.com.br/glpicloud

Assine o the news, fique bem informado e ajude um amigo

Eu poderia estar roubando ou praticando outro tipo de atividade ilícita. Mas estou aqui recomendando uma fonte maravilhosa de leitura e notícia gratuita e sem sensacionalismo e, ao mesmo tempo pedindo sua ajuda para ganhar uma cartelinha de adesivos ou até uma caneca do “deníus”.

A única coisa que você precisa fazer para ter notícia fresquinha e de qualidade na sua caixa de e-mail e me ajudar a ganhar os mimos é se inscrever com seu e-mail no link abaixo.

Clique na imagem acima ou no link seguinte https://thenewscc.com.br/indicacao?grsf=ag8kvy

Mentores com muita experiência ou experiência semelhante?

Evoluir com pessoas que estão 2 anos mais experientes do que você pode ser mais positivo do que aprender com alguém com 20 anos de experiência.

A vida muda, os mercados evoluem, ensinamentos ficam desatualizados.

Não quer dizer que devam ser esquecidos ou sequer considerados. Apenas quero dizer que seu amigo da escola pode lhe ensinar e você pode ensinar muita coisa também. Abrir a mente para algo novo é sempre bom.

Chernobyl da HBO GO nos mostra uma faceta das falhas das nossas vidas

Estive assistindo à série histórica/documental Chernobyl da HBO GO e é interessante perceber que o desastre é um reflexo fiel e exato do que vivenciamos em falhas em nossos projetos, vidas, empresas ou iniciativas.

Sempre existe um gatilho que culmina na derrocada e explosão da falha. Mas nunca é este gatilho sozinho que gera o problema.

É sempre uma reação em cadeia:

– A soberba ou falta de cuidado no processo;

– Um descaso ou adiamento de uma ação por preguiça, pressa, falta de interesse;

– Uma falta de comprometimento com o resultado do projeto e preocupação excessiva em “entregar o seu” e me livrar da minha tarefa;

– Uma economia boba em recursos essenciais ou primordiais (Hastes com Grafite que aumentavam a instabilidade dos materiais ao invés de controlar);

– Excesso de confiança;

– Falta de processo e treinamento;

– Adicione as variáveis negativas que estão relativamente fora do nosso controle (Xenônio, Vapor, Instabilidade do Material Nuclear);

Soma-se tudo isso e a equação de possibilidade de desastre deixa de ser um SE para tornar-se um QUANDO.

Há de sermos cuidadosos, prepararmo-nos, criar processos, seguir protocolos, sermos gentis, sermos eternos aprendizes e jamais nos darmos por vencidos ou sabichões.

Cuidado demais nunca é pouco!

#Cuidado #Desastre #Falha

Sobre tomar a decisão certa

Como saber se estamos fazendo a escolha certa?

Jamais saberemos, uma vez que não há possibilidade de conhecer o resultado da escolha não tomada.

O importante na tomada de decisões, pra mim, tem sido muito mais pesado em ser ético e intencional do que em ponderar se vai ser a decisão correta ou não.

Eu jamais saberei o que eu aconteceria se eu seguisse com a opção não escolhida.

No final do dia é escolher uma e seguir com ela!

Minha opinião sobre a “Morte em Espiral” da Evernote

     Tudo começou com um editor de um portal americano de “notícias” resolveu criar o mote, o “Evernote está em Morte em Espiral”.Esse artigo iniciou um movimento manada em portais do mundo inteiro, e claro que o brasil não ficou de fora dessa.

     Traduções rasas, desleais ao real conteúdo dos primeiros artigos originais, frases, títulos e opiniões desastrosas e até irresponsáveis de pessoas que tem nas mãos o alcance orgânico gigante que esses portais entregam a esses(as) editores(as).

     Em grupos onde discutimos ferramentas de produtividade, e obviamente muito sobre Evernote, no Telegram, passamos alguns dias debatendo o caso. E é incrível como palavras mal colocadas por editores ávidos por cliques e visibilidade podem minar a reputação de um software estável, com uma base altíssima de usuários, consistente e em constante evolução.

     Relacionar a saída de alguns executivos com uma “crise financeira” e exclamar categoricamente que, por não acreditarem mais no produto, saíram em efeito manada? É de tamanha irresponsabilidade.Acredito em ciclos profissionais em nossas carreiras. E é natural que em algum momento sigamos nossos caminhos longe das empresas em que estamos hoje, seja por oportunidades melhores ou então por caminhos profissionais. Os artigos deixaram um gostinho de “azar da Evernote, estou indo embora..”.

     Concordo também que a alguns dias atrás a empresa criou um famigerado anúncio para apresentar sua nova logomarca e projeto de imagem. Seus clientes tem aguardado incessantemente por funcionalidades, não por melhorias estéticas em algo que não traz aquele retorno instantâneo. Embora eu tenha gostado muito da comunicação passada internamente a todos nós Consultores Certificados e comunidade. Mostraram um amadurecimento e crescimento interno bastante consistente e que traz certa energia de que o foco e a sinergia no desenvolvimento do produto será ainda maior nos próximos anos.

     O maior problema foi o timing entre o famigerado e frustrante anúncio e o artigo polêmico e irresponsável de portais ávidos por visibilidade.

     Títulos polêmicos, sensacionalistas (Evernote muda seus termos e permite que funcionários leiam suas notas, Fim do Evernote) e rasos de conteúdo não trazem nenhum benefício para usuários de produtos e muito menos para os fabricantes. Apenas visualizações e especulações.

     Por ser uma empresa privada, não temos acesso a relatórios e números financeiros da Evernote. Mas sabemos, através de notícias e entrevistas do CEO, que a empresa tem apresentado resultados positivos e, sinceramente, não acredito em um sumiço repentino do produto. Antes deser descontinuado, pode ser comprado por outra empresa maior, virar IPO para injeção de capital, mudar estratégias de preços, mas “Morte em Espiral”….

     O valor entregue aos usuários que realmente utilizam o sistema é tão grande que me sinto tranquilo em dizer que as pessoas AMAM o Evernote. 
A empresa não parou nos últimos anos, como eu já falei aqui, e já está preparando algumas novas funções focadas no que realmente importa. Foco e produtividade.

Eu acredito, confio, estou com a Evernote e não abro mão!

O paradigma do “Problema da TI” por Arthur Schaefer

Nos 6 anos que trabalho com TI, eu sei não parece muito (mas não acho que seja muito mesmo), tenho sempre percebido a cultura das pessoas que fazem parte das equipes dentro de empresas ou até de clientes no que diz respeito a problemas, incidentes ou requisições de TI.

Vou ilustrar melhor.

Uma pessoa ativa o suporte de TI da empresa ou terceiro com a seguinte solicitação. A impressora está com problema (Qualquer coincidência é mera semelhança). O que um bom Nível 1 de suporte de TI faria? Isso mesmo, solicitaria maiores informações sobre o que está ocorrendo. E o que acontece em seguida? Isso mesmo, o usuário só diz que não sabe, não tem interesse em ajudar na solução e só diz. Tu pode vir ver? Isso quando não fica bravo por ter de responder algumas pequenas perguntas ou então executar procedimentos simples e que podem rapidamente solucionar o caso sem ter de esperar o atendimento. Mas enfim…

Agora vamos pensar um pouco a respeito do por que das perguntas.

O setor de Nível 1 de um centro de Suporte serve justamente para solucionar o mais rapidamente possível problemas ou requisições. Acontece que A MAIORIA dos problemas é rapidamente solucionado com alguns procedimentos simples que o próprio solicitante pode executar.

AAAA, mas isso não é trabalho meu.. É do pessoal da TI.

Ok. Não é mentira. Mas amigo, vamos sentar um minutinho e pensar no seguinte: Caso essa impressora esteja apenas com um papel trancado, ou com o cabo de rede/energia mal conectado e estejam na fila de espera, 1 contrato de milhões de dólares que sua empresa firmou com um cliente, 1 documento importante para que seu trabalho seja levado adiante e mais umas impressões simples mas que são, de certa forma, necessárias no dia dia. O problema é de quem exatamente?? Exato o problema é da organização como um todo.

Então por que o suporte não pode vir aqui logo e ver o que está acontecendo?

Tens razão. Mas e se no mesmo momento a pessoa responsável por atender essa demanda em campo estiver atendendo outra situação que demanda mais tempo e impede a ausência da mesma por esses minutos? A impressora ficará parada por 1, 2 horas?

Então, usuários, centros de suporte… É importante, na ativação do suporte, o MÁXIMO de informação possível, o máximo de empenho na busca pela solução conjunta e a compreensão de que um problema DE TI, não é problema DA TI, é um problema da organização. E sendo da organização, é importante que atingido e suporte se empenhem na busca da solução.