Arquivo da tag: glpi 9.5

GLPI, Comunidade, futuro do projeto e como contribuir

No último último sábado, dia 29 de Agosto de 2020, participei de uma live convidado pelo Danilo Santos junto a ele e ao Jorge Camargo. Ambos profissionais da Service Desk Brasil que atua essencialmente com projetos de Service Desk usando GLPI e tem promovido diversas lives sobre o assunto nos últimos meses.

Open Source IT Asset management and Helpdesk software

A ideia do encontro era conversarmos sobre a comunidade brasileira e sua relevância no cenário mundial e percepção da equipe responsável pelo desenvolvimento do GLPI (a Teclib’), como esta comunidade se organiza e tem se organizado, como ela pode se tornar ainda mais relevante e efetiva, bem como falar sobre minha jornada com o sistema, dificuldades enfrentadas, motivações para manter este e outros canais ativos e constantemente relacionados – quase dedicado – ao maior, mais usado e melhor software de Gerenciamento de Serviços do mundo em se tratando de Software Livre.

Foram mais de 2 horas de bate-papo e, entre idas e vindas, acredito termos conseguido expressar a nossa gratidão pelo projeto, pela equipe dedicada ao constante desenvolvimento do GLPI, falamos sobre as dificuldades encontradas por praticamente todos que iniciam sua jornada com o sistema e, também, abordamos dicas que gostaríamos de ter tido quando começamos.

Sobre a Comunidade Brasileira de GLPI

Fonte: GLPI Project – https://glpi-project.org/community/

O GLPI passou a fazer parte do trabalho da equipe de desenvolvimento da Teclib’ que percebeu no Brasil um movimento bastante considerável de adoção e parceiros.

Se você, por exemplo, acessar a página de Telemetria do GLPI e filtrar por país, encontrará pelo menos 448 resultados de empresas que reportaram estar utilizando a ferramenta para atender centenas de milhares de usuários e ativos. É um número considerável de pessoas que se cadastraram como usuários do GLPI. Eu posso dizer com toda certeza que esse número seria, pelo menos, 20 a 30 vezes maior caso todos que usam a ferramenta reportassem. E este número não apenas um palpite. Ao acessar os gráficos de telemetria, é possível encontrar pouco mais de 12.000 instalações do GLPI que usam o idioma Português Brasileiro “perdendo” apenas para o Francês com mais de 18.000 instalações e seguido de perto pelo Inglês Britânico com pouco mais de 9.000 instalações.

Fonte: GLPI Project: https://glpi-project.org/pt-br/community/

Ou seja, o mercado brasileiro para o GLPI é forte e sim valorizado por quem desenvolve o sistema. Posso garantir que a Teclib’ está de olho em cada comentário, post, discussão, debate ou ideia que produzimos por aqui.

E é justamente por isso que a ideia de união dentro da comunidade brasileira de Software Livre, mais especificamente GLPI, deve falar mais alto. Contribuir com o projeto em forma de trabalho, testes, report de bugs ou até com dinheiro ajuda, e muito, o projeto a se manter vivo.

Mas Arthur. Como eu posso encontrar formas de contribuir com o projeto e a comunidade?

A comunidade brasileira é ativa, variada, presente em várias frentes e disponível aos mais variados níveis de conhecimento.

Acredite, qualquer conteúdo gerado ou pessoa ajudada é de extrema importância para a comunidade. Não subestime sua capacidade de mudar o futuro na carreira de alguém com o “pouco que você sabe”

Quem tiver mais links deixa nos comentários que eu adiciono aqui.

O GLPI e seus canais

A Teclib’, empresa responsável pelo desenvolvimento oficial do GLPI, investiu pesado em conteúdo, material e qualidade de acesso aos seus canais oficiais.

Ao entrar no site do Projeto do GLPI já é possível encontrar o site inteiramente em português. Os links que levam aos manuais e recursos deram saltos incrivelmente positivos. Você consegue encontrar um manual de extrema qualidade para rodar o seu GLPI sem dores de cabeça, apenas seguindo os manuais. Coisa que não existia antes de a empresa assumir as rédeas do sistema.

Eu quero deixar aqui links importantes e oficiais para que todos possam testemunhar a veracidade do que estou falando.

Apoio Financeiro ao Projeto GLPI

O que poucos sabem é que o projeto conta com uma campanha de arrecadação de recursos para manter o projeto, um serviço de nuvem de GLPI como um Serviço e também uma assinatura de suporte oficial chamada GLPI-Network.

Inclusive vou me comprometer aqui, publicamente, a contribuir financeiramente com “um café” para o projeto oficial do GLPI para cada R$ 40,00 arrecadados nos meus canais de apoio ao meu blog ou na livraria.

Você gostaria de ajudar o blog de alguma forma?

Há duas maneiras de contribuir financeiramente com o projeto do GLPI.

  • Open Collective
    • No Open Collective você tem mais opções de valores e conta até com uma opção de doação mensal, caso tenha interesse.
    • Precisa criar uma conta
    • É possível contribuir anonimamente
    • É possível contribuir em nome da sua empresa
    • Não usa métodos de pagamento intermediários (PayPal, Picpay…)
  • Ko-fi
    • Não precisa cadastrar conta para contribuir
    • Usa Paypal para pagamento.

Futuro do Projeto GLPI

O GLPI teve marcos históricos na versão que mudou e modernizou totalmente sua interface e foi a primeira já com a Teclib’ como responsável pelo desenvolvimento e adição do projeto ao Github.

Neste ano de 2020 a versão 9.5, lançada em Julho e já atualizada com correções importantes, já está fazendo história e prometendo voos ainda mais altos para o projeto.

Fonte: GLPI Project – https://glpi-project.org/news/

Funções importantes como:

São mudanças que já eram solicitações recorrentes da comunidade e que vieram na 9.5. Sinal de que a equipe está sempre atenta às necessidades da comunidade e trabalhando para atender a todos mantendo o core do sistema íntegro e útil.

Você gostaria de ajudar o blog de alguma forma?

O software é e permanecerá mantido como software livre para a comunidade com opções de contratações adicionais de suporte ou hospedagem do serviço na nuvem.

E para finalizar, deixo a íntegra da Live aqui abaixo para quem não teve oportunidade de assistir e gostaria de fazê-lo.

➤ Site: https://www.arthurschaefer.com.br
➤ Instagram: https://instagram.com/arthurrschaefer
➤ Facebook: https://facebook.com/arthurschaefercombr
➤ LinkedIn: https://br.linkedin.com/in/arthurramosschaefer
➤ Twitter: https://www.twitter.com/arthurrschaefer
➤ Inscreva-se no Canal: https://www.youtube.com/ArthurSchaefer
➤ Canal no Telegram: https://t.me/arthurschaefer
➤ Baviera TI: https://www.bavierati.com.br

Marketplace no GLPI 9.5 – Como ativar? Para quê serve?

A versão 9.5 do GLPI está a todo vapor. E uma das funcionalidades que eu mais gostei foi a do Marketplace que facilita muito a instalação de Plugins no melhor sistema de Gestão de Serviços e Service Desk que existe no mundo.

Quer aprender como fazer para ativar o marketplace? Olha aí!

Você gostaria de ajudar o blog de alguma forma?

O GLPI possui por característica padrão a possibilidade de estender suas funções através de plugins. Há quem goste de trabalhar mais com as funções padrões e há quem goste mais de diversificar com os plugins. O fato é que o processo de instalação sempre foi uma pergunta constante e uma tarefa, nem sempre, das mais prazerosas e simples de ser realizada, dependendo da expertise de cada administrador da ferramenta.

A Teclib, desenvolvedora oficial do GLPI, criou um modelo de negócios que viabiliza a possibilidade de entregar o GLPI como um serviço para aqueles que não querem se envolver tanto com as tarefas administrativas de se manter um serviço web em funcionamento, como backup, configuração, correções, provisionamento, solução de problemas de infraestrutura.

Lembrando que o software continua sendo open-source com uma comunidade bastante ativa e totalmente gratuito para quem quiser usar por sua conta.

Com a nova adoção de um modelo de GLPI como um Serviço em Nuvem, a instalação de plugins era um incômodo por exigir acesso à console administrativa do servidor onde o GLPI está hospedado. A partir da versão 9.5, isso não é mais necessário.

O Marketplace no GLPI veio justamente para que você instale os plugins do repositório oficial como se fossem aplicativos que você instala da sua loja de aplicativos favorita no celular.

Você seleciona o plugin, clica em instalar, e ele aparece instalado na sua base. Não maravilhoso?

Para fazer funcionar o Marketplace você precisa criar uma conta na GLPI-Network, que é gratuita, e adicionar o token ao seu GLPI 9.5.

O procedimento em vídeo você encontra aqui e em texto, para quem prefer ler, logo abaixo do vídeo.

Procedimento:

  • O local para execução do processo dentro do GLPI fica em Configurar > Plug-ins e clique no ícone que parece uma lojinha no topo da página logo ao lado do caminho de Menus que fica na parte superior.
  • Dentro deste ícone haverá um link para você se registrar na GLPI-Network, caso você não tenha uma conta ainda.
  • O processo de registro não é difícil, é rápido e tem versão gratuita.
  • Após adicionar seus dados, selecione a versão de assinatura de suporte que você precisar e/ou desejar.
  • Voltando ao GLPI, você navega para o mesmo ponto de antes (Configurar > Plugins > Lojinha no topo, e ao invés de selecionar Registrar na GLPI Network, clique em preencha com sua chave de registro na configuração.
  • Copie o token de registro da GLPI Network neste campo do seu GLPI
  • Seja feliz e instale seus plugins sem dores de cabeça.

Você gostaria de ajudar o blog de alguma forma?