Microsoft — O verdadeiro problema da atualização do Windows 7 KB2823324


Parece que a Microsoft não é a única culpada na história da atualização.

 Na última terça-feira (10/04/2013) a Microsoft liberou uma atualização de segurança que corrigia uma vulnerabilidade no driver de kernel do sistema chamado ntfs.sys. Esta atualização teria causado alguma incompatibilidade nos computadores com Windows 7 32 bits e em um primeiro momento se levantou a questão de ser apenas nos sistemas operacionais em português. O que seria estranho pois desde o Windows Vista os Sistemas Operacionais da Microsoft são “multilingual”.

 Eis que após todos os contratempos e diversas formas de contornar a situação se faz necessário avaliar qual a real causa deste problema.

 No Brasil a maioria dos bancos utilizam um software de segurança chamado Guardião na sua interface de Internet Banking. Este software permanece sendo executado no computador enquanto o mesmo encontra-se ligado.

 Um dos profissionais de TI MVP Rodrigo Immaginario testou alguns casos de instalação desta atualização em sistemas operacionais Windows 7 32 bits na linguagem Português e também em Inglês com e sem o software Guardião. Eis que o resultado foi esse:

  • Windows 7 (português) com Guardião — Tela Azul !
  • Windows 7 (português) sem Guardião — Atualizado sem problemas
  • Windows 7 (inglês) com Guardião — Tela Azul !
  • Windows 7 (inglês) sem Guardião — Atualizado sem problemas

Além do Guardião existem outros softwares que estariam gerando esta incompatibilidade com a atualização impedindo que este driver seja corretamente executado.

No canal Linha Defensiva estão disponíveis mais informações a esse respeito:

http://www.linhadefensiva.org/2013/04/teste-mostra-incompatibilidade-de-atualizacao-com-plugin-bancario/

E agora?? Certamente novas discussões sobre a necessidade de softwares terceiros para segurança de computadores serão reativadas…

Joguem suas cartas!!!

Microsoft — Resolução oficial do problema na atualização KB2823324

Em 10 de abril de 2013 tomamos conhecimento que alguns usuários enfrentaram dificuldades após aplicarem o update de segurança Windows 7 KB2823324.

Observação 1: Não formate o seu computador para não perder os dados. Os passos abaixo fazem a restauração do sistema.

Observação 2: Essa página será atualizada sempre que surgirem novas alternativas para solução deste problema.

Essa comunicação tem como objetivo corrigir a falha de inicialização que possa ser causada após a instalação da atualização de segurança KB2823324.

Durante o processo de inicialização da máquina, uma das seguintes mensagens de erro pode aparecer:

Mensagem de Erro 1

STOP: c000021a {Fatal System Error}

The Session Manager Initialization system process terminated unexpectedly with a status of 0xC000003a (0x00000000 0x00000000).

The system has shutdown.

Mensagem de Erro 2

O Windows não foi iniciado com êxito. Uma alteração recente de hardware ou software pode ter causado o problema. Para corrigir o problema:

  1. Insira o disco de instalação do Windows e reinicie o computador.
  2. Escolha as configurações do seu idioma e clique em “Avançar”.
  3. Clique em “Reparar o seu computador”.

Se você não tiver o disco, entre em contato com o administrador do sistema ou fabricante do computador para obter assistência, ou entre em contato com a Microsoft.

Status: 0xc000000e

Informações: A seleção da inicialização falhou porque um dispositivo necessário está inacessível.

Solução: Remover a atualização KB 2823324 através do Modo de Recuperação do Sistema

A Microsoft está investigando mais a fundo a causa raiz para o problema. Neste momento recomendamos aos clientes removerem temporariamente a atualização através de algum dos procedimentos abaixo.

  1. Ao reiniciar o computador e pressione a tecla F8 até que seja obtida a tela abaixo:
  2. Selecionar “Reparar o seu computador”
  3. Após aparecer a tela Opções de Recuperação do Sistema — clique em Avançar
  4. Selecione o usuário do computador na caixa de listagem Nome do Usuário e digite a sua Senha
  5. Selecione a opção de Prompt de Comando:
  6. Na imagem anterior, observe a unidade que foi escolhida, no nosso caso “d:” e utilize a mesma para o comando abaixo: “dism /image:D: /cleanup-image /revertpendingactions” . Você tem que digitar este comando na tela preta.
  7. Se a exibição acima do Windows 7 for C: disco local (Imagem do item 5), o comando seria: “dism /image:C: /cleanup-image /revertpendingactions
  8. Aguarde até que a operação seja concluída com sucesso:
  9. Feche a janela do prompt clicando no X localizado na parte superior da janela e voltando ao menu anterior clique no botão reiniciar:
  10. Ao reiniciar o equipamento selecione a opção “Iniciar Windows Normalmente”:
  11. Após este procedimento sua máquina funcionará corretamente.

Caso o processo não seja bem sucedido, entre em contato com os canais de suporte abaixo:

Entre em contato com o serviço ao cliente

Grande São Paulo: 11 4706 0900

Demais localidades: 0800 761 7454

Horário:

Segunda a sexta das 8:00 a.m. — 8:00 p.m.

Sábados, Domingos e Feriados das 9:00 a.m. — 7:00 p.m.

Contate por chat um especialista

Pedimos sinceras desculpas por qualquer inconveniente causado aos usuários.

http://www.microsoft.com/brasil/resolucao/

Microsoft — Problema com KB2823324 — ATUALIZADO

Nota de isenção: os procedimentos adotados são meramente uma solução de contorno, não representando, de forma alguma, garantia de sucesso em todos os casos onde se registre tal problema. Antes de executar os procedimentos esteja ciente que está sendo alterado um arquivo que faz parte do sistema de boot e a sua substituição por uma versão mais antiga pode gerar resultados inesperados. Ainda não houve por parte da Microsoft um pronunciamento formal a respeito desta ocorrência e nenhuma solução oficial foi publicada.


Bom dia pessoal,

Ainda que atrasado aqui vai a minha contribuição para a comunidade. Terça-feira a Microsoft lançou uma atualização de segurança do Windows 7 SP1 (o KB2823324) que está causando indisponibilidade no sistema após o reboot, em alguns casos a tela Azul é apresentada e em outros o sistema entra em um loop de boot infinito.

A Microsoft ainda está trabalhando em uma correção para o problema. Como contorno existem três procedimentos a serem seguidos:

Primeira opção e testado por mim:

  1. Insira o DVD de instalação do seu respectivo Windows
  2. Na tela inicial de Instalação, clique na opção de reparo logo abaixo do botão de instalação.
  3. Ele irá tentar reparar o computador, cancele até cair na tela que lhe dá as opções de reparo. Chegando lá, selecione “Prompt de comando”
  4. No prompt digite:

copy X:WindowsSystem32driversntfs.sys D:WindowsSystem32drivers

  • O comando solicitará que você confirme ou não a cópia deste arquivo. CONFIRME
  • Saia do prompt e reinicie

Obs.: Ao ligar novamente o Sistema tentará fazer uma verificação de disco, pode cancelar a mesma.

Segunda opção e não testada por mim:

  1. Bootar a máquina com a mídia de instalação do windows;
  2. Entrar no console de recuperação;
  3. Abrir o notepad;
  4. Navegar até a pasta %windir%system32drivers e verificar se a versão do arquivo ntfs.sys que está instalada é a mesma do KBhttp://support.microsoft.com/kb/2823324;
  5. Se for o caso, renomear o arquivo ntfs.sys para ntfs.sys_old;
  6. Navegar até a pasta %windir%winsxs e localizar um arquivo Ntfs.sys em uma vesão mais antiga. No meu caso era: 6.1.7601.17945;
  7. Copie o arquivo mais antigo para a pasta %windir%system32drivers.
  8. Reboote o sistema.

Terceira opção:

  1. Realizar restauração do sistema para um ponto anterior a instalação do KM.

Não esqueça de recusar o KB no WSUS ou desmarcar no Windows Update

Participe da discussão: http://social.technet.microsoft.com/Forums/pt-BR/winvistapt/thread/a8a900f5-a5b2-45bb-8ac5-b1b3afb22ad7

Update!

Essa solução é a menos invasiva até o momento. Só irá remover o KB que gerou o problema.

Este procedimento pode ser usado em problemas futuros com atualizações do Windows.

  • Insira o disco do Windows e no contexto reparar (ou shift+F10 em qualquer parte a tela de instalação):

dism /image:c: /get-packages

  • Serão listados os updates, então basta remover o que deu problema:

dism /image:c: /remove-package /PackageName:Package_for_KB2823324~31bf3856ad364e35~x86~~6.1.1.1

Última opção para quem não tem uma mídia do Windows 7 a mão:

  1. Aperte F8 durante a inicialização do sistema
  2. Vá até o item Reparar computador
  3. Escolha a opção prompt
  4. No prompt digite:

dism.exe /image:C: /cleanup-image /revertpendingactions

  • Saia do prompt e reinicie

GLPI 0.83.8 disponível


Hoje, dia 02/04/2013, foi lançada mais uma nova atualização antes da nova versão 0.84 ficar estável.

 A versão 0.83.8 trouxe correções de alguns bugs e também algumas novas features.

 Verificando o Gráfico Gantt do projeto podemos concluir que ainda existirá uma versão 0.83.9 antes da tão aguardada 0.84. O melhor agora é testar essa nova versão caso o seu ambiente esteja com algum tipo de bug ou erro para tentar corrigir e continuar aguardando as novas atualizações do nosso querido GLPI.

Changelog oficial: https://forge.indepnet.net/projects/glpi/versions/866

Cópia do changelog:

  • Bug #4115: Do not accept empty title and content when they are mandatory
  • Bug #4116: Planning entity restrict trouble
  • Bug #4117: Time computation for contract notification
  • Bug #4118: Error during task migration
  • Bug #4119: Auto change status to assign for problem on accepted status
  • Bug #4121: Targets deletion trouble
  • Bug #4122: Problem notification trouble
  • Bug #4132: Tree dropdown : all parent are not displayed
  • Bug #4164: can’t link a recursive problem to a ticket
  • Bug #4165: History for SLA in a ticket
  • Bug #4166: Plugin : link to create new ticket
  • Bug #4190: Itil categories don’t be cleaned on purge group / user
  • Bug #4196: OCS TAG only updated in case of automatic transfer
  • Bug #4197: Trouble on notification tag : ##ticket.item.model##
  • Bug #4232: Wrong heading field empty adding a new document to a ticket
  • Bug #4266: User column of a licence
  • Bug #4269: Problem of setting category if not set but is mandatory in a template of ticket
  • Bug #4300: Authentification : Don’t see fully BaseDN or RootDN if an apostrophe is present
  • Feature #4146: Add actiontime for task in ticket list columns (+date ?)
  • Feature #4193: Display ID on ticket list associated to problems
  • Task #4135: Update to CAS 1.3.2

Mensagem oficial do lançamento da nova atualização (Inglês): http://www.glpi-project.org/spip.php?page=annonce&id_breve=290&lang=en

Gráfico Gantt da nova atualização 0.83.9 + 0.84: https://forge.indepnet.net/projects/glpi/issues/gantt


GLPI — Plugin Mask para evitar cliques duplos ao enviar novos chamados

Já faz um tempo que tenho tido o problema constante de usuários que clicam duas ou mais vezes ao abrir um chamado. Seja por mal costume, ou por falta de paciência até que o sistema atualize a página e abra o novo chamado. O que acontece é que ao clicar mais de uma vez no botão Enviar mais de um chamado é aberto duplicando, triplicando ou quadruplicando o mesmo chamado no sistema.

 Dando uma vasculhada nos plugins disponíveis no repositório em http://plugins.glpi-project.org/spip.php?lang=en encontrei um plugin bastante recente (07/03/2013) que cria uma “espécie” de máscara na página ao clicar no botão Enviar ou Atualizar que “desabilita os botões da página até que a ação seja executada.

 A instalação é bastante simples (em breve tutorial para instalação de plugins no GLPI):

  1. Baixar o plugin para o servidor do GLPI
  2. Extrair e copiar a pasta mask para <servidor>/glpi/files/plugins
  3. Logar na console do GLPI
  4. Navegar até Configurar > Plugins
  5. Clicar em Instalar e em seguida Ativar ao lado do plugin Mask.

Agora toda vez que fores clicar em algum botão que realizar alguma ação ao chamado, uma máscara será criada sobre a janela do chamado impedindo o duplo clique sobre os botões de ações.


Plugin Mask: https://forge.indepnet.net/projects/mask

WSUS — Como movimentar o local de armazenamento dos arquivos de atualização locais

Você já se encontrou em uma situação de precisar alterar o local onde os arquivos de atualização do WSUS são salvos por não ter mais espaço em disco no local atual? Ou então ocorre uma falha no disco onde estão salvos estes arquivos e existe a necessidade de configurar outro disco com outro nome? Ou por algum motivo qualquer você quer movimentar as pastas de armazenamento de updates do WSUS eis as informações necessárias e o procedimento a ser seguido.

Este procedimento foi feito no WSUS 3.0

O procedimento é feito através de uma ferramenta chamada wsusutil.exe, uma ferramenta baseada em linha de comando que vem armazenada por padrão na pasta de instalação do sistema WSUS:

<Diretório de instalação do WSUS>:Program FilesMicrosoft Windows Server Update ServicesTools


Para realizar o procedimento é necessário privilégios do grupo de Administradores locais do servidor do WSUS, e esse procedimento só funciona quando executado diretamente no servidor onde os Serviços do WSUS estão instalados. Não esqueça de criar o diretório para onde desejas mover o conteúdo do WSUS antes de executar os comandos abaixo.
O comando movecontent carrega um parâmetro opcional [-skipcopy] que é opcional para a mudança do diretório de updates locais sem copiar os arquivos.

  1. Clique em Iniciar, e então clique em Executar.
  2. Na janela que abrir digite cmd, e então clique em Ok.
  3. No prompt de comando navegue até o diretório que contenha o WSUSutil.exe (<Diretório de instalação do WSUS>:Program FilesMicrosoft Windows Server Update ServicesTools)
  4. Digite o comando a seguir e pressione Enter:

wsusutil.exe movecontent contentpath logfile [-skipcopy]


Onde contentpath é o novo local onde serão armazenados os arquivos de update e logfile é o arquivo de log que será gerado durante o procedimento. Por exemplo, se o novo local será em F:WSUS o comando deverá ficar da seguinte forma:

wsusutil.exe movecontent F:WSUS F:move.log


Fonte: http://blogs.technet.com/b/sus/archive/2008/05/19/wsus-how-to-change-the-location-where-wsus-stores-updates-locally.aspx

Conhecendo o Skype Manager

Com o fim do Windows Live Messenger (MSN) anunciado nos vimos obrigados a migrar para a tão bem conceituada e bem sucedida plataforma de comunicação do Skype comprada pela Microsoft em Maio de 2011. Eis que algumas ferramentas de terceiros nos dispunham recursos para controlar e auditar as comunicações efetuadas pelo antigo MSN e a partir daí teríamos de criar novas contas Skype, talvez de uma forma um pouco descontrolada e sem uma padronização. Em se tratando de um ambiente corporativo isso traria muitas dores de cabeça e contratempos não necessários para os setores de TI.

 Existe então 2 (ou mais) alternativas a serem seguidas. Uma delas seria partir para um modelo de Mensageria instantânea única e exclusivamente corporativo. Algo como jabber ou até o Lync Server (Online) da Microsoft (que poderia muito bem se encaixar na segunda alternativa também). A segunda alternativa seria trabalhar de fato com o Skype, trazendo os antigos endereços de MSN de clientes já acostumados com a rapidez de trabalhar com o MSN junto aos seus fornecedores.

 Ou seja, o projeto não poderia ser tratado como uma mudança de conceito onde hoje trabalha-se com mensageria interna e também externa. A alternativa do Jabber fica de lado, visto que teria que ser criado um ID, instalação de um cliente de jabber e instruções de uso para cada cliente e mais a estrutura interna. A alternativa do Lync Server/Online se torna caríssima a curto prazo e de certa forma o projeto envolveria muito mais do que 20 dias para realizar.

 Diante as premissas acima citadas temos então a opção do desconhecido Skype Manager.


Skype Manager

Skype Manager é uma ferramenta de administração baseada no modelo web que permite administrar o uso do Skype na sua empresa ou até família. Adicionar usuários, bloquear usuários, trocar senhas, atribuir créditos, gerar relatórios de uso dos créditos por usuário ou até por grupo e muito mais. Tudo isso grátis!

Cadastro

Acesse https://manager.skype.com e cadastre-se já para conhecer um pouco mais da ferramenta.

Conta empresarial x Conta particular

Uma conta empresarial é uma conta criada através do Skype Manager para disponibilização de ferramenta para trabalho. A conta particular trata-se daquela conta que o usuário criou em casa para conversar com amigos, família e talvez até assuntos de trabalho mas que está vinculada ao e-mail particular do mesmo.

Mas o Skype Manager possui a função de tornar um Skype particular em Skype corporativo para que os créditos e demais funções possam ser controladas, de forma limitada, pela empresa na qual o usuário está ingressando. Isso não é incrível??

Aí você me pergunta: “e quando o usuário vai embora? A conta fica para a empresa?”, eu digo-lhes que Não. A resposta é: Apenas “devolva” esta conta ao dono retirando ele do sistema do Skype Manager. Não é demais isso?

Eu poderia ficar aqui falando por linhas e linhas de funcionalidades. Mas se você criar uma conta de administração do Skype Manager, vais ver que é bem interessante e uma bela alternativa para solução de mensageria instantânea.

Microsoft — Instalar Hotfix de atualização do horário via script

Olá pessoal,

 Hoje tive a necessidade de atualizar algumas estações de trabalho Windows XP e Windows 7 com o novo horário de verão e algumas delas não haviam aplicado os patches de atualização para o ano de 2012.

 Eu tinha os arquivos de atualização para todas as plataformas mas teria que aplicar manualmente em cada estação. Como tenho pelo menos umas 90 estações, sendo que dessas pelo menos 40 não atualizaram o horário, precisaria alguma ferramenta para automatizar a tarefa. Que não fosse o estagiário hehehehe

 Pesquisei bastante e encontrei um script que faz a validação da versão do sistema operacional (Windows XP, Windows 7 ou nenhum dos dois), busca o arquivo de instalação do hotfix e aplica na versão correta.

 As únicas necessidades são relacionadas ao local onde vais armazenar os arquivos de instalação e que esse local esteja com permissões a todos os usuários que precisem aplicar as mesmas.

 O código está abaixo:

ver | find “XP” > nul

if %ERRORLEVEL% == 0 goto ver_xp

systeminfo | find “Microsoft Windows” > %TEMP%osname.txt

FOR /F “usebackq delims=: tokens=2” %%i IN (%TEMP%osname.txt) DO set vers=%%i

echo %vers% | find “Windows 7” > nul

if %ERRORLEVEL% == 0 goto ver_7

goto warnthenexit

:ver_7

wusa.exe X:Windows6.1-KB2779562-x86.msu /quiet /norestart

echo Windows 7

goto exit

:ver_xp

start X:WindowsXP-KB2779562-x86-PTB /Q /M /Z

echo Windows XP

goto exit

:warnthenexit

echo Machine undetermined.

:exit

GLPI — Versão 0.84 — BETA + Bug Hunter


E saiu a tão esperada versão 0.84 do GLPI. Mas não se animem tanto assim, esta é apenas a versão BETA para testes.

Eis a mensagem original do grupo de e-mails do GLPI.

# English version #
Beta-test
We enter in the beta-test period of the 0.84 version of GLPI.
This new version includes new features: review networking management,RSS feeds, improvement of recurrent tickets and SLAs, gettext migration,review cost management, recall on planning events…For more details see the detailed change log:https://forge.indepnet.net/projects/glpi/versions/542
To allow separated development cycles, the OCS/GLPI connection is nowavailable via a plugin (https://forge.indepnet.net/projects/ocsinventoryng)
On this occasion, we invite you to install and thoroughly test the betaversion of GLPI 0.84 in participating in the Game “bug hunter”.
Each bug report validated by the development team gives you a chance towin a mysterious gift. Everyone has a chance!
Bug reports should be done only in the beta section of the forum:http://www.glpi-project.org/forum/viewforum.php?id=17
To find out what is involved in beta testing, please read the guidehere: https://forge.indepnet.net/projects/glpi/wiki/TestGlpi
You can download the beta generated every night here:https://forge.indepnet.net/tarballs/The ocsinventoryng plugin is available here :https://forge.indepnet.net/tarballs-plugins/
A partial english documentation is available here :https://forge.indepnet.net/daily-doc/ Any help to finish thistranslation is welcome.The documentation of the OCS plugin is available here :https://forge.indepnet.net/projects/ocsinventoryng/wiki/En_Documentations
We remind you that this version is not a stable release and should notbe used in production.
The lucky winners will be drawn at the end of the period of beta testingscheduled for february. This deadline may be postponed if necessary.
Thank you for your cooperation and good hunting!
 — The development team

Segundo o Changelog essa primeira versão já contempla as novas funções de Gerenciamento de rede, RSS feeds, melhorias nos chamados recorrentes e SLAs e outros que podem ser encontrados aqui -> https://forge.indepnet.net/projects/glpi/versions/542

 Segundo o grupo de desenvolvedores:

“-Nesta ocasião, convidamos a todos para instalar e através de testes da versão beta do GLPI 0.84 participar do jogo “bug hunter” (caçador de bugs). Cada bug reportado e validado te dá a chance de ganhar um presente misterioso. Todos tem chance!”

É bom também ficar ligado no aviso:

“-Os reportes de bugs devem ser inseridos APENAS na seção de bugs beta. (http://www.glpi-project.org/forum/viewforum.php?id=17)”

Algumas dicas do que testar podem ser encontradas em https://forge.indepnet.net/projects/glpi/wiki/TestGlpi

 Mais alguns links citados acima:

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: ESSAS VERSÕES NÃO DEVEM SER USADAS EM PRODUÇÃO. APENAS TESTES POR SEREM VERSÕES BETA DO GLPI 0.84.

Gerenciando Projetos com Trello

Gerenciamento de projetos pode ser algo bastante complexo em um primeiro momento com suas siglas, documentações, regras e processos. Mas todo mundo concorda que um projeto bem gerenciado, controlado e acompanhado nos mínimos detalhes acaba se tornando um forte candidato a case de sucesso.

Muitos softwares no mercado prometem auxiliar este gerenciamento de forma completa e muitas vezes complexas para quem não tem muita intimidade com os mesmos. Em diversas ocasiões nos deparamos com siglas que, quando não estudadas em gerenciamento de projetos, acabam complicando mais do que ajudando.

Quero que fique muito claro que não estou de maneira alguma dizendo que softwares mais complexos como Gantter, OpenProj ou Microsoft Office Project sejam ferramentas a não serem utilizadas mas quero dizer que existem ferramentas grátis, mais simples e que já podem ser de grande valia para um pequeno gerente de projetos que lidera cases na própria empresa, vida pessoal ou em um grupo de amigos.

O software que estou usando nos últimos dias para testar e gerenciar projetos é o Trello. Uma ferramenta Web, ou seja, multiplataforma desde que tenha um browser, disponível também em aplicativos para iPhone, Android e Windows 8 e que se oferece de forma gratuita a quem quiser utilizar.


Cadastro

Para começar o processo de cadastro no serviço é bastante simples sendo solicitado apenas o seu nome, seu e-mail e uma senha. Caso tenhas uma conta no Google, podes utilizar as mesmas credenciais para se cadastrar.


Quadros, listas e cartões

O Trello trabalha com três conceitos: Quadros, Listas e Cartões.

  • Quadros
  • O quadro é tratado pelo software como um projeto.
  • Listas
  • A lista é tratada pelo software como o status em que cada tarefa se encontra. (A fazer, Em execução, Pendente, Feito)
  • Essas são apenas sugestões de como usar. Cada um escolhe a melhor forma de tratar cada status de tarefa.
  • Cartões
  • O cartão é tratado como cada etapa, funcionalidade, entrega do projeto.
  • Dentro das etapas é possível adicionar diversas atividades, anexos e checklists.

Arrastando cartões entre listas

  • O conceito do Trello é bem simples. Arrastar etapas entre os status para acompanhar o projeto.

Dentro de cada cartão estão disponíveis diversas opções. Desde checklists até upload de anexos e comentários da atividade.

Trabalhando em equipe

Quando se fala em gerenciamento de projetos é impossível não pensar em equipes. O Trello trabalha de forma bastante interessante com equipes. É possível adicionar novos membros ao projeto apenas através da oppção “Add Members” onde você pode adicionar o e-mail ou usuário de outro membro para que o mesmo possa acessar os projetos da sua organização.

Trello na Web

Aplicativo para — Windows 8

Aplicativo para Android — Play Store

Aplicativo para Google — Chrome Web Store

Aplicativo para iPhone/iPad — iTunes App Store