Como entrar em contato ou solicitar suporte junto à Evernote

Solicitações de novas funções e ideias
     A #Evernote quer ouvir as ideias que possam tornar o aplicativo ainda melhor – seja adicionando novas funcionalidades ou melhorando as já existentes.

     A empresa possui um canal especialmente criado para esse tipo de debate – https://discussion.evernote.com – Lá você pode compartilhar suas ideias e comentários. O time de Gerentes de Produto leem as postagens do forum regularmente, e alguns comentários participam ativamente nas tomadas de decisões do planejamento do produto.

     Em grande parte, esse forum é alimentado por usuários e membros da #EvernoteCommunity. Então não é,necessariamente , nesse local que você obterá um contato com a empresa.

ATENÇÃO: ESTE NÃO É O PORTAL PARA ABRIR TICKETS DE SUPORTE!!!

Obter suporte técnico e reportar bugs com e para a #Evernote
Se você estiver passando por problemas técnicos ou, os conhecidos, bugs em algum dos aplicativos do #Evernote, se tiveres necessidades de apoio a respeito da sua conta ou pagamentos você tem algumas alternativas para sanar seus problemas:

  • Se você possui algum vínculo contratual ou de suporte com algum Consultor Certificado da Evernote, (Assim como eu sou, ou então você pode encontrar mais consultores aqui):
    • Você pode entrar em contato com esse seu consultor pois ele tem meios de obter suporte para clientes.
  • Caso você não possua nenhum Consultor Certificado a quem recorrer
    • Acesse https://help.evernote.com e faça o login com sua conta do Evernote.
    • Em seguida, caso você seja assinante Premium ou Business, você tem direito ao Chat com a equipe, caso contrário, você pode encaminhar um ticket no botão “SEND US AN EMAIL”.,

Apoie o site

Crie já sua conta no Evernote

Minha opinião sobre a “Morte em Espiral” da Evernote

     Tudo começou com um editor de um portal americano de “notícias” resolveu criar o mote, o “Evernote está em Morte em Espiral”.Esse artigo iniciou um movimento manada em portais do mundo inteiro, e claro que o brasil não ficou de fora dessa.

     Traduções rasas, desleais ao real conteúdo dos primeiros artigos originais, frases, títulos e opiniões desastrosas e até irresponsáveis de pessoas que tem nas mãos o alcance orgânico gigante que esses portais entregam a esses(as) editores(as).

     Em grupos onde discutimos ferramentas de produtividade, e obviamente muito sobre Evernote, no Telegram, passamos alguns dias debatendo o caso. E é incrível como palavras mal colocadas por editores ávidos por cliques e visibilidade podem minar a reputação de um software estável, com uma base altíssima de usuários, consistente e em constante evolução.

     Relacionar a saída de alguns executivos com uma “crise financeira” e exclamar categoricamente que, por não acreditarem mais no produto, saíram em efeito manada? É de tamanha irresponsabilidade.Acredito em ciclos profissionais em nossas carreiras. E é natural que em algum momento sigamos nossos caminhos longe das empresas em que estamos hoje, seja por oportunidades melhores ou então por caminhos profissionais. Os artigos deixaram um gostinho de “azar da Evernote, estou indo embora..”.

     Concordo também que a alguns dias atrás a empresa criou um famigerado anúncio para apresentar sua nova logomarca e projeto de imagem. Seus clientes tem aguardado incessantemente por funcionalidades, não por melhorias estéticas em algo que não traz aquele retorno instantâneo. Embora eu tenha gostado muito da comunicação passada internamente a todos nós Consultores Certificados e comunidade. Mostraram um amadurecimento e crescimento interno bastante consistente e que traz certa energia de que o foco e a sinergia no desenvolvimento do produto será ainda maior nos próximos anos.

     O maior problema foi o timing entre o famigerado e frustrante anúncio e o artigo polêmico e irresponsável de portais ávidos por visibilidade.

     Títulos polêmicos, sensacionalistas (Evernote muda seus termos e permite que funcionários leiam suas notas, Fim do Evernote) e rasos de conteúdo não trazem nenhum benefício para usuários de produtos e muito menos para os fabricantes. Apenas visualizações e especulações.

     Por ser uma empresa privada, não temos acesso a relatórios e números financeiros da Evernote. Mas sabemos, através de notícias e entrevistas do CEO, que a empresa tem apresentado resultados positivos e, sinceramente, não acredito em um sumiço repentino do produto. Antes deser descontinuado, pode ser comprado por outra empresa maior, virar IPO para injeção de capital, mudar estratégias de preços, mas “Morte em Espiral”….

     O valor entregue aos usuários que realmente utilizam o sistema é tão grande que me sinto tranquilo em dizer que as pessoas AMAM o Evernote. 
A empresa não parou nos últimos anos, como eu já falei aqui, e já está preparando algumas novas funções focadas no que realmente importa. Foco e produtividade.

Eu acredito, confio, estou com a Evernote e não abro mão!

Sugestão de livro – O Obstáculo é o Caminho – Ryan Holiday

Se você se sente constantemente afogado em angústias e ansiedade, não percebe pontos positivos em tantas coisas ruins que acontecem com você ou ao seu redor?
Sugiro a leitura desse livro.

Ryan Holiday apresenta um texto buscando fontes históricas e acontecimentos que muitos analisariam como impossíveis de serem positivos. Mas que por uma simples mudança de mindset, podem se transformar em oportunidades.

É uma introdução leve e poderosa ao Estoicismo. https://amzn.to/2Q8F49s

Utilizando Método Ágil com Evernote (Kanban)

Por que utilizar mais um aplicativo para controle de Kanban??

Brincadeiras a parte, o Evernote possui uma função de arrastar tarefinhas que pode ajudar quem quer usar Kanban no aplicativo do Elefante.

Fiz um vídeo mostrando como usar e dando algumas ideias pra uso.

Assiste aí, dá o “joinha” lá no canal do YouTube e me segue também.. Toda ajuda é bem vinda!!

Canal do Youtube

Medium

Criar conta no Evernote

Evernote – Re branding, mudanças e atualizações

Em grupos de discussão e debates com clientes vejo pessoas comentando que o Evernote “parece ter parado no tempo” Discordo. E discordo muuito!!

Se você é um dos que acredita nisso, talvez apenas não lembre ou não esteja utilizando os serviços oferecidos.

O Evernote não parou em nenhum segundo de 2017-2018.

Mudou MUITO. Em uma pequena timeline posso citar algumas mudanças visíveis

  • Integrações com Slack, Microsoft Teams,
  • Lançamento do Evernote Spaces for Business
  • Melhorias operacionais, desempenho e visuais consideráveis no Windows
  • Melhorias super esperadas nas tabelas
  • Mudanças estruturais e consideráveis no aplicativo para Android (Visuais e de funções)
  • O Web Client recebeu melhorias constantes por meses a fio
  • O Evernote Business recebeu uma atenção super especial nos últimos meses. E teve alterações bem legais (outras nem tanto)

Fora MAC e iOS que não utilizo.

Quem acompanha o CEO (twitter.com/croneill) percebe que DE FATO, muita coisa precisava ser reestruturada para poder melhorar o serviço em escala sem perder qualidade.

Sem falar que a empresa precisa se manter de pé. Precisaram mudar estratégias para monetizar o produto, afinal nem relógio trabalha de graça.

E esse rebranding pode não parecer muita coisa para os usuários mais sedentos por novidades, novidades, novidades.
Para mim o “barulho todo” e as palavras do O’Neill neste momento de lançamento de um “novo logotipo” mostram que conseguiram alcançar um ponto de maturidade, o qual estavam almejando para poder alçar vôos mais audaciosos. 
(https://evernote.com/blog/ceo-notebook-evernote-brand)

Percebo um produto maduro e buscando uma estabilidade funcional, upgrade de qualidade e uma equipe alinhada.

E vocês acompanham os blogs e redes sociais do Evernote?

Eles produzem muito conteúdo de qualidade pra melhorar workflows, apresentar novas formas de trabalhar, novos cases de clientes..

Post no Medium

Crie já sua conta no Evernote

As 4 responsabilidades da TI ao criar um SLA

A TI possui responsabilidades quando na criação e manutenção de um SLA com seu cliente/usuário.

Nesse vídeo falo um pouco sobre isso. É um vídeo mais teórico mas que eu sempre quis fazer.

Espero que gostem. E se curte o trabalho que faço, gostaria de ajudar a manter o projeto vivo, manda comentários, sugestões e, se puder, acessa http://bit.ly/ars-apoio pra dar aquele apoio e mantermos a roda girando!

Aviso de tabelas não migradas para o mecanismo InnoDB no GLPI 9.3

Dica rápida hoje,

O novo GLPI 9.3 alterou seu mecanismo de armazenamento para InnoDB buscando sempre melhorar e otimizar.

Para que isso ocorra tranquilamente, o banco de dados atual precisa ser migrado para o novo mecanismo e o script de atualização não está realizando esse procedimento sozinho.

Para tanto, quando você atualizar o seu GLPI para a versão 9.3 e a mensagem “numero x tabelas não migradas para o mecanismo InnoDB.”, você deverá executar um script localizado dentro da pasta do GLPI em glpi/scripts chamada “innodb_migration.php”

Para executá-lo navegue até a pasta glpi/scripts e execute o comando “php innodb_migration.php” sem as aspas.


Se teu GLPI está hospedado e não é uma VPS, verifique com seu provedor como executar o script.


Fonte da solução:

http://forum.glpi-project.org/viewtopic.php?id=163667

Quer apoiar o blog e ajudar a manter o projeto?

https://bit.ly/ars-apoio

Minha experiência aprendendo um 3º idioma


Sei que nem todos são iguais, mas tenho usado alguns métodos diferentes do que vejo a maioria dos alunos utilizando no aprendizado de um novo idioma.

Eu estou aprendendo o Francês, que sempre foi uma paixão e por ser a língua oficial do GLPI. E para tanto, utilizo de alguns artifícios para melhor aproveitar a aula semanal que faço em uma escola de idiomas.

Em aula

Em aula eu busco entender a estrutura, regras e diferenças de uso de estruturas semelhantes, bem como algumas pronúncias.

Obviamente procuro aproveitar ao máximo o conteúdo do material didático apresentado, realizando questionamentos quanto a pronúncia, formas de usar, curiosidades e principalmente tentativas, muitas vezes, frustradas mas ainda assim tentativas de me comunicar com colegas e professor com tudo que já aprendi até então.

“Comment je dit “Palavra” en Français?”

“Desolé”

“Excusé”

“Merci beacoup”

“C’est très facil”

“C’est très cool”

“Quelle est la difference entre “alors” et “puis””

É só assim que se aprende. Praticando. E, como costumo dizer aos meus alunos de inglês, é na sala de aula que podemos testar, errar e corrigir erros e dúvidas.

Fora da sala de aula

Fora da sala de aula, além de realizar os trabalhos propostos pelo professor, como o Cahier d’Exercises, busco vocabulário extra. Aquilo que não é visto em aula mas que tem sentido para mim ou para o conteúdo estudado.

Como faço isso? Flashcards, vídeos e artigos em francês e mais uma coisa que tem me trazido muito prazer.

Tenho uma Playlist de músicas em Francês que gosto bastante. Das músicas dessa playlist, não procurei traduções e, sim, toda semana escuto a Playlist tentando entender estruturas e palavras que aprendi cada semana e entendendo cada vez mais a música em si. Mas sem, novamente, SEM procurar as traduções, e muitas vezes sequer procurando a letra delas.

PLUS

Evite aprender as traduções da língua e sim contextos, onde é usada cada frase, entenda o sentido para que você não fique fazendo o trabalho de tradução mental simultânea. Parece difícil? Parece.. Mas o resultado é melhor, afinal, quando você busca o nível de fluência em uma língua diferente da sua materna, pensar na própria língua é uma regra e não uma opção.

Portanto, vá tentando pensar na língua que está aprendendo. É uma forma de melhorar cada vez mais suas habilidades.

Melhorias do GLPI 9.2.x — Parte 2

Ainda falando da nova versão em produção do GLPI, a 9.2.x, seguem mais algumas melhorias apresentadas.

Para quem não leu a parte 1 e tem interesse, só clicar aqui.

Melhorias na base de conhecimento

Revisões de artigos

Agora os artigos apresentam quais as versões revisadas do mesmo, ou seja, toda vez que alguém alterar o artigo, o sistema vai guardando todas as versões anteriores e também as informações de quem alterou, quando alterou e o que alterou. Bem como, habilita a possibilidade de restaurar uma versão antiga.

Comentários

É também possível adicionar comentários em artigos.

O que possibilita que pessoas que não tenham acesso de alteração nos artigos, possam comentar caso o artigo não esteja atualizado, ou que a solução proposta não funcionou para que assim alguém que tenha acessos, possa saber que deve atualizar o artigo.

Relacionar Artigos com Ativos

Agora também é possível realizar a relação entre um artigo da base de conhecimento e um ativo (Computador, Dispositivo…)

Títulos âncora

Uma vez definido como Título (Formatação > Cabeçalhos no menu do editor de texto rico), uma “âncora” é exibida quando você coloca o mouse sobre o título, permitindo que você direcione um título para uma parte específica de um artigo.

Alertas de limites

Alertas de limites agora podem ser também habilitados nas pesquisas salvas.

Por exemplo, o GLPI pode lhe notificar quando um número de resultados das pesquisa “Computadores em estoque” está abaixo de 10 ou então “Chamados com urgência máxima” exceder 10!

Quando o limite é excedido, uma notificação (e-mail, navegador, irc, etc) pode ser enviada. Para pesquisas salvas privadas, apenas você recebe a notificação e para pesquisas salvas públicas, vários destinatários podem ser configurados.


Modos de notificações retrabalhados

O antigo método de notificações por e-mail não é mais a única forma de o GLPI lhe notificar. Notificações via browser foram adicionadas, assim como possibilidades de adicionar novos modos através de plugins. Isso abre portas para notificações por SMS, Telegram, IRC ou qualquer sistema de notificação que permita trabalhar integrado com algo.


Melhorias nos templates de chamados, tarefas predefinidas

Templates de chamados agora suporta a adição de templates de tarefas nos campos predefinidos. Além das regras de negócio para seus chamados seu chamado, várias tarefas pré definidas podem ser adicionadas ao chamado logo após a criação do mesmo.


LDAP: Novo campo de sincronização

Como um login ou um nome de domínio pode ser alterado, foi introduzido um novo campo de sincronização na configuração LDAP. O novo campo não muda e vai evitar a duplicação em caso de mudanças no login.

Nos templates pre definidos, é sugerido que se utilize, por exemplo:

  • Para Microsoft Active Directory: atributo “objectGUID” (identificador oficial único de um objeto);
  • para OpenLDAP: o atributo “entryUUID”

**Cuidado:** Alguns atributos no Microsoft Active Directory não são suportados (“objectSID” por exemplo)

Chamados relacionados

Foram introduzidas duas novas formas de relacionar chamados semelhantes ou interligados:

  • Filho de
  • Pai de