Arquivo da tag: Apache

Como configurar mais de um GLPI (ou site) no mesmo servidor web Linux com Apache (Vhosts)

Já precisou configurar mais de um site no mesmo servidor web?

Geralmente ao iniciarmos um projeto de publicação de sites em um servidor web Linux, criamos a pasta do site, começamos os testes, fazemos a alteração da pasta raíz do apache para que não precise colocar a pasta do site lá no endereço da URL do tipo http://servidor/pasta.

Acontece que desta forma subutilizamos um servidor a apenas uma página web, enquanto ele poderia hospedar uma infinidade condicionada apenas à quantidade de Hardware disponível do servidor. (Em nuvem, sabemos que isso aqui é praticamente infinito, dependendo de quanto você tem disponível para investir neste servidor)
Pense na seguinte arquitetura:

Ao invés de criarmos diversas máquinas com a mesma estrutura, pegaremos apenas um servidor e um apache e criaremos direcionamentos de URL para suas devidas pastas:

Para isso, alguns pré-requisitos precisam ser atendidos antes

  1. O site precisa estar publicado na porta Web
  2. DNS externo deve estar configurado e apontando para o seu servidor do GLPI
  3. Acesso ao linux para criar e mexer nas configurações do apache

Configuração do Vhost

  • Primeiramente criei uma pasta chamada vhosts dentro de /etc/apache2/sites-enabled e dentro da pasta criei um arquivo com extensão vhosts para cada site. Isto facilita a administração e configuração do arquivo do apache
contato.arthurschaefer.com.br.vhost
glpicurrent.ars.tec.br.vhost
glpilegacy.ars.tec.br.vhost

Em cada arquivo eu configurei a pasta raíz do site e a URL esperada para cada uma delas (Lembre-se que esta URL já deve estar configurada lá no DNS externo!)

contato.arthurschaefer.com.br.vhost
<VirtualHost *:80>
     DocumentRoot /var/www/html/ars
     ServerName contato.arthurschaefer.com.br
</VirtualHost>
glpicurrent.ars.tec.br.vhost
<VirtualHost *:80>
     DocumentRoot /var/www/html/glpicurrent
     ServerName glpicurrent.ars.tec.br.vhost
</VirtualHost>
glpilegacy.ars.tec.br.vhost
<VirtualHost *:80>
     DocumentRoot /var/www/html/glpilegacy
     ServerName glpilegacy.ars.tec.br.vhost
</VirtualHost>

No arquivo do apache2.conf em /etc/apache2 eu criei uma nova linha incluindo os arquivos com extensão vhost à configuração do web server.

IncludeOptional sites-enabled/vhosts/*.vhost
https://youtu.be/creDr-huaCw

Você gostaria de ajudar o blog de alguma forma?

➤ Site: https://www.arthurschaefer.com.br
➤ Instagram: https://instagram.com/arthurrschaefer
➤ Facebook: https://facebook.com/arthurschaefercombr
➤ LinkedIn: https://br.linkedin.com/in/arthurramosschaefer
➤ Twitter: https://www.twitter.com/arthurrschaefer
➤ Inscreva-se no Canal: https://www.youtube.com/ArthurSchaefer
➤ Canal no Telegram: https://t.me/arthurschaefer
➤ Baviera TI: https://www.bavierati.com.br
➤ Servicedesk Brasil: https://www.servicedeskbrasil.com.br
➤ Conheça a Teclib Cloud: https://www.arthurschaefer.com.br/glpicloud

Você gostaria de ajudar o blog de alguma forma?

GLPI — Direcionamento de site para GLPI

Todo mundo sabe que por padrão o GLPI é instalado no diretório “glpi” do apache (Linux) ou do xampp (Windows). O que causa um pequeno desconforto no compartilhamento da URL para acesso ao sistema para os usuários:

 Profissional de TI — O endereço de acesso é chamados.seudominio.com.br “BARRA GLPI”

Usuário — Não funcionou!!

Profissional de TI — Você colocou a BARRA GLPI no fim do endereço? (/glpi)

Usuário — Não! Precisa?

Profissional de TI — Sim, é necessário para que carregue o sistema de chamados.

Usuário — Agora funcionou! Obrigado!

 Quem nunca passou por isso? Você não? Tens sorte!!

 Mas para quem já passou aqui vai uma dica. Na verdade é mais uma codificação do index do que uma dica do GLPI mesmo. Vamos lá!

  • Encontre o arquivo index.html que deve estar na pasta padrão do Apache (/var/www/html) ou Xampp (c:xampphtdocs)
  • Apague o conteúdo e insira essa linha tomando o cuidado de adicionar a URL correta <html><META HTTP-EQUIV=”Refresh” CONTENT=”1; URL=http://chamados.seuservidor.com/glpi/“></html>
  • Salve o Arquivo index.html, Reinicie o Apache e pronto!!

Assim, ao acessar a URL (deste exemplo) http://chamados.seuservidor.com, o usuário será encaminhado para a página http://chamados.seuservidor.com/glpi em 1 segundo (CONTENT=”1;)

www.bavierati.com.br